PERCEPCIÓN CORPORAL Y COMPROMISO CON EL EJERCICIO FÍSICO EN ACADÉMICOS DE EDUCACIÓN FÍSICA

Autores/as

  • Lic. Romário Pinheiro Lustosa
  • Lic. Luiz Beneval de Almeida Filho
  • Lic. Joaquim Huaina Cintra Andrade
  • Lic. Ariane Teixeiras dos Santos
  • Mg. Francisco Nataniel Macedo Uchoa

Palabras clave:

Satisfação corporal, Exercício físico, Educação física

Resumen

O objetivo deste estudo é analisar a satisfação corporal de acadêmicos de Educação Física e nível de compromisso ao exercício físico de acadêmicos de Educação Física. A metodologia utilizada foi uma pesquisa de campo de natureza qualitativa e transversal realizada com 90 acadêmicos do curso de educação física de uma faculdade particular com idades entre 20 e 53 anos, todos praticantes de esportes, através da aplicação de um protocolo de avaliação composto por dois instrumentos: Body Shape Questionnaire – BSQ e Commitment Exercise Scale ou Escala de Compromisso ao Exercício Físico – ECE. Dentre os 90 participantes, 81 indivíduos fizeram até 110 pontos no BSQ, o que significa ausência de distorção de imagem, 5 fizeram entre 110 e 138 pontos, apresentando leve distorção de imagem, 4 fizeram entre 138 e 167 pontos, o que representa moderada distorção e nenhum fez mais de 167 pontos, o que significaria grave distorção de imagem. Já de acordo com o ECE, apenas 7 participantes apresentaram pontuação compatível com a obsessão por exercícios. No mais, os participantes apresentaram níveis adequados de compromisso com o exercício físico. Diante dos resultados obtidos é possível afirmar que a percepção corporal dos estudantes mostrou-se em sua maioria de forma positiva e a frequência, ou o ritmo de seu treinamento estiveram adequados em conformidade com sua satisfação corporal.

Publicado

2017-08-07

Artículos más leídos del mismo autor/a